"Aqui nós acolhemos estas crianças e os ensinamos a voar"

Fundada em 2019, A Casa de Bambas nasceu dos sonhos e determinação de dois indivíduos notáveis, José Romildo dos Santos (Mestre Jagunço) e Janaina Bemvindo (a Jana). Unidos por um incômodo compartilhado – a desigualdade social no subúrbio carioca – eles se uniram para criar uma plataforma de mudança.

Mestre Jagunço, indígena do interior do Brasil, e Jana, nascida e criana no suburbio carioca, encontraram um elo forte: a paixão pela CAPOEIRA. Essa arte que ambos praticam há mais de três décadas tornou-se a base de sua missão. Inspirados por mais de 20 anos de trabalho do Mestre Jagunço, A Casa de Bambas foi fundada para oferecer atividades artísticas, culturais, esportivas e educacionais, tudo com um objetivo claro: inclusão social e transformação de sua região através da Arte e Cultura Afro-Indígena brasileira.

Missão

Nossa missão é promover o desenvolvimento humano, buscando a cidadania das populações vulneráveis. Fazemos isso por meio de atividades educacionais, culturais, artísticas e desportivas, em uma abordagem transparente e sustentável. Temos como objetivo prover uma educação antirracista e uma cultura de paz em um ambiente desafiador..

Visão

Enxergamos um futuro onde nos tornamos um marco na educação através da arte e cultura brasileira. Buscamos expandir nossa atuação em todo o Brasil por meio de uma Rede de Organizações parceiras, impactando um número ainda maior de pessoas ao longo de 10 anos.

Valores

  • Ética: Guiamos nossas ações com integridade e transparência, garantindo que cada passo seja moldado pela honestidade.
  • Solidariedade: Nosso compromisso é com a empatia, respeito e valorização de todos os seres humanos e suas diversas trajetórias.
  • Sustentabilidade: Estamos empenhados no crescimento sustentável das comunidades que atendemos, assegurando um impacto positivo que respeite não apenas as pessoas, mas também o meio ambiente.

Faça parte desta missão

Sua participação, seja por meio de doações, voluntariado ou apoio à divulgação, é um passo fundamental para a concretização da nossa visão. Estamos construindo um futuro onde a educação, arte e cultura são os pilares que sustentam a mudança. Juntos, podemos alcançar muito mais.