Filantropia
6 de junho de 2022
Filantropia empresarial: o que é e como captar doações?
Você já escutou o termo “Filantropia empresarial”? E se já ouviu, consegue explicar ao que ele se refere? Caso a resposta para uma dessas questões seja negativa, não se preocupe! Leia este pequeno texto até o final e ele resolverá suas dúvidas quanto a esse assunto.

Entretanto, se por acaso você já possui algum conhecimento prévio sobre esse tema, não deixe, igualmente, de ir até o fim deste post. Pois fomos aqui para além dos conceitos mais básicos e trouxemos informações que você certamente gostará de descobrir sobre essa prática já tão difundida mundo afora; e que traz benefícios às empresas envolvidas e à sociedade.

O que é filantropia empresarial?

O termo filantropia, em seu significado dicionarizado, quer dizer amor da humanidade ou caridade. Trata-se, em outras palavras, de uma doação, de forma voluntária, que uma pessoa faz a outra mais necessitada.

Aqui, o objeto da doação, não necessariamente é algo pecuniário. Pode-se realizar uma ação filantrópica com quaisquer itens: seja roupas, comida, brinquedos, livros e muitos outros objetos. Desde que essa ação atenda à real causa de pessoas que precisam dessa ajuda.

Filantropia

O que significa filantropia empresarial?

Depois dessa explicação, fica, então, bem mais fácil imaginar o conceito de filantropia empresarial. Consiste no envolvimento, por meio de doações, em causas sociais que beneficiam um grupo de pessoas mais carentes. Entretanto, nesse caso, o agente da ação, em vez de um indivíduo é uma empresa; uma pessoa jurídica.

Dito de outra maneira, quando as empresas participam, voluntariamente, de programas de assistência social; doando dinheiro ou produtos dos mais variados tipos, elas estão praticando ações filantrópicas.

Exemplos de empresas filantrópicas

Há muitas empresas, famosas inclusive, que participam de ações de filantropia. Estar envolvido com causas sociais dessa natureza pode trazer às organizações muitas vantagens competitivas. Isso porque as pessoas, clientes, costumam se afeiçoar mais às companhias que demonstram algum tipo de preocupação e se envolvem com os problemas da sociedade. Listamos aqui alguns exemplos de empresas filantrópicas e de bastante sucesso:

  • Google;
  • Apple;
  • Microsoft;
  • Shell;
  • PepsiCo.

Como as empresas podem ajudar as entidades do terceiro setor?

As maneiras pelas quais uma empresa pode contribuir com as causas de uma ONG, de uma fundação, ou de uma associação são bastante variadas. É correto dizer que, na maioria dos casos, essa ajuda é feita com recursos financeiros, sobretudo pelas grandes corporações já citadas anteriormente, mas esse não é o único meio.

É possível, por exemplo, elaborar programas de trabalhos voluntários aos funcionários. Ou seja, os colaboradores das empresas podem prestar alguns serviços às entidades do terceiro setor apoiadas pela organização. Inclusive, a Google e a Microsoft adotam esta prática.

Além disso, também pode-se fornecer equipamentos tecnológicos, que ajudem na educação das comunidades; refeições gratuitas, entre outras ações.

Doação

Como captar recursos junto às empresas filantrópicas?

Atualmente, a forma mais eficiente de realizar uma comunicação que atraia empresas de filantropia é através da internet. Elaborar uma boa estratégia de marketing digital e executá-la permite que sua ONG, Associação ou Instituto consiga parcerias não somente locais, mas nacionais e até internacionais.

E entre as atividades que não podem faltar no seu planejamento, devem estar a criação de um site, para melhor divulgar a finalidade e os projetos da instituição. Além do investimento na implementação de um sistema de doações online, pois ele facilita a captação dos recursos.

Também, não podem faltar a produção de conteúdo, em blogs e vídeos no YouTube, e a presença nas redes sociais. Tudo isso ajuda a divulgar o trabalho, traz credibilidade às entidades e, assim, as empresas sentem-se mais seguras na hora de aderir aos projetos.

Filantropia empresarial e responsabilidade social

Estes termos possuem significados bem diferentes, apesar de nos dois casos os efeitos das suas ações serem sentidos socialmente. A palavra filantropia empresarial, como já foi dito, refere-se ao comprometimento das organizações com causas filantrópicas, doando dinheiro, mão de obra, ou itens materiais, que servem como suprimentos.

A responsabilidade social, por sua vez, diz respeito ao papel que uma empresa tem enquanto membro de uma determinada sociedade. Ou seja, trata-se da obrigação que a empresa possui de também contribuir para o crescimento e desenvolvimento daquele lugar – cidade, estado ou país – onde ela exerce a sua atividade produtiva.

O primeiro termo fala sobre algo mais imediato, específico e temporário. Enquanto que o segundo trabalha com o longo prazo; e acompanha a empresa enquanto ela existir.

*Texto produzido e distribuído pela Link Nacional para os assinantes da solução Conteúdo para Blog.

0 comentários

Enviar um comentário

ACA: Casa de Babas
Endereço

Estrada do Porto Velho, 199 Cordovil - Rio de Janeiro - RJ

Telefone

+55 (21) 9 8030 - 1579

E-mail

contato@acasadebambas.org

Funcionamento

Segunda-Feira a Sexta-Feira
Das 09h às 18h